Fidelidade, uma exigência ou uma opção?

por Wesley W. Cavalheiro*

Há quem diga que o que realmente tem valor é a lealdade, e não a fidelidade. A fidelidade implica no compromisso amplo, total e irrestrito, onde valores e ética não são questionados. Já a lealdade admite juízo de valor: “estou contigo. Saiba que eu penso que…, mas continuo contigo”. Particularmente, não vejo que sejam contraditórios, mas tão somente que cada qual deva ter seu lugar específico em nossa vida.

Quando se fala em fidelidade, a primeira imagem é a do casamento, a ancestral relação na qual os participantes juram um compromisso que será mantido independentemente dos desafios. Assumem-no espontaneamente, por amor. É interessante. Não lhes é exigido, mas também não lhes é facultado casar com ou sem fidelidade. Trata-se de um tipo de relacionamento que, por definição, implica nesse grau de compromisso. Se não houver fidelidade, não é casamento, não importa o nome dado à relação. Não há alternativas. Ele é o que é.

Recentemente, foi lançado um filme (Sempre a seu lado) que conta a história do relacionamento de um cachorro e seu dono. O longa mostra a história de um professor (Richard Gere, que, aliás, disse que foi e se postou como coadjuvante no filme) que encontra um cão de rua ainda filhote e o leva para casa. O cão e seu dono desenvolvem uma relação afetiva tão forte que se tornam amigos inseparáveis. O cão passa a acompanhá-lo todos os dias até a estação de trem, onde o professor embarca para ir ao trabalho, e depois volta para buscá-lo na hora de seu retorno. Até que, após um trágico acontecimento, o professor não volta mais. Mas o cão não desiste, e continua com seu ritual diário de ir à estação, na esperança de rever o dono querido, até que ele mesmo morre anos depois.

A fidelidade é um valor que é construído a partir de laços que vamos estabelecendo até que formem um cordão difícil de ser quebrado.

Policarpo (0069-0155), bispo da igreja de Esmirna, foi levado ante o tribunal romano. Perguntado se era ele o Policarpo, respondeu afirmativamente. Então o procônsul começou a exortá-lo, dizendo: “Tem piedade da tua idade avançada; jura pela fortuna de César; arrepende-te; dize “fora os ateus” (os cristãos)”. Policarpo olhava solenemente a assistência e levantando a mão, alçou os olhos pala o Céu e disse: “Fora com estes ateus (os que estavam em seu redor)”. O procônsul persuadiu-o ainda e disse: “Jura e soltar-te-ei; renuncia a Cristo.” O venerando cristão respondeu: “Oitenta e seis anos eu O tenho servido e nunca me fez mal algum; e como posso blasfemar de meu Rei que me tem salvado?” “Tenho feras e te exporei a elas se não te arrependeres“, disse ainda o magistrado. “Trazei-as“, disse o mártir. “Suavizarei o teu espírito com fogo“, disse o romano. “Ameniza-o“, respondeu Policarpo, “com o fogo que me queima um só momento, mas lembrai-vos do fogo do castigo eterno, reservado para os ímpios.” Na hora do seu martírio dava graças a Deus porque se contava entre os mártires de Cristo.

Policarpo desenvolveu, ao longo da sua vida, laços tão densos com seu Deus e Senhor que, na hora crítica, tornou-se impossível quebrar o cordão da fidelidade. Não lhe foi exigido, mas também ele não teve opção. O amor não dá alternativas. O amor constrange! Ele é o que é.

Medite: 1) Minha devoção a Deus e à alguma pessoa é movida porque tipo de valor? 2) Quais condições que estabeleço, para mim e para os outros, para que eu seja fiel? 3) Quão fortes são os laços que desenvolvo em meus relacionamentos, com Deus e com os que amo?

Palavras de sabedoria: A fidelidade é um valor que é construído a partir de laços que vamos estabelecendo até que formem um cordão difícil de ser quebrado.

Sabedoria da palavra: “Melhor é serem dois do que um… o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.” (Bíblia, RA, Eclesiastes 4.9-12)

 

Viva compaixão

(*) Wesley W. Cavalheiro é Coach Pessoal, Profissional, Executivo, e Organizacional, com Certificação Internacional pelo GCC – Global Coaching Community (Alemanha), ECA – European Coaching Association (Alemanha/ Brasil), ICI – International Association of Coaching Institutes, e Metaforum Internacional – Akademie Für Kompetenzentwicklung (Itália/Alemanha/Brasil). Contatos: <www.Lumen2You.net>

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s