Você precisa de um mentor!*

mentorpor Wesley Cavalheiro

Todo mundo tem um reservatório de conhecimento, habilidades, e experiência que pode ser compartilhado. Uma pessoa sábia aprenderá a sacá-las.” – Rick Warren

Toda pessoa necessita de um mentor. Não importa qual o estágio em que esteja em sua atividade, a pessoa necessita de alguém que a treine.

As organizações de sucesso utilizam o processo de mentoring para tornar as pessoas melhores naquilo que elas fazem. Na medicina, médicos mentoreiam médicos novos. Na música, músicos mentoreiam outros músicos. Por quê? Porque funciona. As pessoas se tornam melhores quando tem pessoas experientes que podem apoiá-las em vidas e atividades.

Aceite os bons conselhos e a correção — esse é o caminho de uma vida boa e sábia, diz o provérbio [1]. Eu vou sempre precisar de um mentor – não importa quão velho estou ou quão bem sucedido me torne. Lebron James é um dos melhores jogadores de basquete do planeta. Ele continua necessitando de um treinador. Ninguém nunca chegará a um ponto da sua vida em que possa dizer “Já aprendi tudo. Não necessito de mais ninguém para me ajudar”.

Um mentor traz à tona na pessoa o melhor em três áreas: seu papel, suas metas, e sua alma. Mentores dão perspectivas. Eles ajudam a pessoa a olhar para dentro de si e para as suas atividades do ponto de vista externo. Raramente uma pessoa vê o que estamos fazendo de fora de sua própria perspectiva. Ela vê a partir de seu foco limitado. É necessário que haja alguém em suas vidas vida para dizer “Você já pensou a respeito…? Que tal isso? Que tal aquilo?”

Algumas organizações não estariam hoje onde estão sem que seus líderes tivessem pessoas que derramassem suas vidas sobre eles – pessoas que os fizessem olhar para suas atividades com uma luz diferente. Quem recusa bons conselhos terá seus planos fracassados, mas quem os aceita verá seus projetos saírem do papel, e eles serão bem- sucedidos, diz outro provérbio[2]. O sucesso destas organizações não acontece porque os líderes são extremamente inteligentes, mas sim porque eles têm excelentes mentores. Pessoas de quem ‘sacam’ as ideias e às quais prestam contas.

Um mentor de excelência deve possuir três qualidades básicas:

  1. Alguém que tenha um caráter e valores que sejam admirados. Você quer encontrar um mentor que seja o tipo de pessoas que você quer ser.
  2. Alguém com as características e as experiências que você quer. Busque uma pessoa que tenha as características peculiares que você quer aperfeiçoar. Pode ser sua preleção. Pode ser sua liderança. Pode ser um gestor que tenha conduzido uma campanha bem sucedida. Encontre alguém que é bom em alguma coisa que você queira ser bom.
  3. Alguém em quem você confie. Se você não confiar em seu mentor, você não aprenderá nada dele. Uma pessoa que tenha um monte de conhecimento não significa que você vá sintonizar com ela. Para fazer do mentoring uma boa experiência, no devido tempo você terá que se abrir para a pessoa que você escolheu.

Faça boas perguntas

Uma vez que se tenha conseguido o mentor certo, será necessário fazer o melhor do tempo que se tenha com aquela pessoa. Ninguém tem tempo ilimitado. O que se pode fazer para maximizar o tempo com o mentor? Fazer perguntas.

Antes de se encontrar com o seu mentor, despenda algum tempo pensando acerca de perguntas que você queira fazer. Pense acerca dos assuntos com os quais você está lidando em suas atividades. Pense acerca dos aspectos das atividades do seu mentor que você gostaria de aprender dele. Seja específico.

Um dos mentores de Rick Warren foi um certo Billy, que também tinha um mentor. Billy, certa vez, foi trabalhar para uma grande igreja no Texas e ficou subordinado a um pastor. Ao final de seis meses, Billy foi a esse pastor e perguntou “Tenho observado seu ensino por seis meses e eu nunca escutei uma preleção ruim. Deus fala por meio de tudo o que você ensina. Durante todo o tempo que você ensina há poder, informações práticas, e boa inspiração. Eu gostaria de saber como você se mantém renovado. Qual é o seu segredo?” O homem contou a Billy “Cerca de 35 a 40 anos atrás, eu fiz um compromisso de estar renovado, assim eu poderia alimentar outras pessoas. Para fazer isso, eu leio todo o Novo testamento uma vez por semana.” Billy ficou embaraçado, tentando pensar em uma pergunta inteligente para fazer. “Qual a tradução que você lê?”, Billy perguntou. O pastor do Texas disse “Geralmente no original em grego.” Billy me disse tempos depois que esteve com o pastor por cinco ou seis anos e nunca teria descoberto o segredo do seu renovo e da sua profundidade espiritual se não tivesse feito a pergunta.

Qualquer um – a qualquer hora – pode ser um mentor se você aprender a fazer perguntas. Todo mundo tem um reservatório de conhecimento, habilidades, e experiência que pode ser compartilhado. Uma pessoa sábia aprenderá a sacá-las. Se eu me sentar com você, eu vou aprender alguma coisa que vai me tornar uma pessoa melhor. Estou certo disso. Você tem tido experiências que eu não tenho tido – e vice-versa.

Esteja preparado com perguntas padrões para fazer todo o tempo que você esteja perto de alguém que esteja fazendo um impacto com a sua vida. Perguntas tais como:

  • Como você lida com o stress?
  • Qual tem sido o grande sucesso na sua vida?
  • Quais foram as causas dos sucessos?
  • Qual tem sido o grande fracasso na sua vida?
  • O que você faria de diferente se tivesse que começar de novo?
  • Que tipo de livro você lê?
  • Como você gerencia o seu tempo?
  • Como você gerencia o seu dinheiro?
  • Quais têm sido as grandes lições que você tem aprendido?
  • Quais têm sido as grandes surpresas da sua vida?

Pessoas bem sucedidas dão boas dicas. Busque por estas dicas. Arranque-as e aprenda delas.

Prestando contas

Prestar contas a um mentor é algo absolutamente crítico. Quando não se presta contas, sai-se do rumo. Durante a navegação de um ponto a outro, um navio precisa corrigir seu rumo constantemente. Isto ocorre devido às alterações ambientais. Para isto, há um sistema de prestação de contas, interno e externo à embarcação.

Qualquer pessoa também necessita de correções de rumo em suas atividades de tempos em tempos também. Para fazer estas correções, é saudável prestar contas a alguém de fora. Se você não se estiver aberto a prestar contas a um mentor, não se irá aprender e aprimorar.

Todos necessitamos de um mentor em nossas atividades. Seja qual for a idade que tivermos, há alguém do qual podemos aprender. Encontre alguém com caráter. Encontre alguém com as habilidades que você deseja. Encontre alguém em quem você confie.

Encontre um mentor.

WesleyCaricCol_cViva comPara onde você está indo?paixão

Wesley W. Cavalheiro é Coach Pessoal, Profissional, Executivo, e Corporativo, com Certificações Internacionais e Treinador Comportamental pelo Instituto de Formação de Treinadores. Contatos: <Lumen4You.net>

(*) Matéria baseada em artigo de Rick Warren


[1] Provérbios 19.20

[2] Provérbios 15.22

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s