Eneagrama – Tipo um: a necessidade de ser perfeito

EneaSimbol1Tipo um: a necessidade de ser perfeito

por Richard Rohr

A fim de descobrir seu dom, que é uma alegre tranquilidade ou serenidade, o Um deve primeiro perceber que ele não é tão bom.

O Um é a compulsão reformista da tríade instinto. O Um precisa ser perfeito, e EneaSimbol2para um Um isto significa sentir que ele está certo e bom. O Um é idealista, motivado e impulsionado pelo desejo de um verdadeiro, justo e moral mundo. Em algum lugar em sua infância ele experimentou um mundo muito belo e perfeito. E não é de admirar, porque a sua alma infantil, ou sonho original de vida, é a alegria do Sete. Se buscar na memória, encontrará momentos que foram tão maravilhosos, tão serenos, tão inteiros, sem a necessidade de eliminar qualquer coisa. Deus estava nele e eu estava nele e a tudo na vida fazia sentido. Então, em algum lugar, mais tarde, ele percebe, “Droga, não é um mundo perfeito!” Então ele muda para a convicção impossível: “Vou encontrar uma maneira de torná-lo perfeito”. E isso se torna sua prisão segundo o Eneagrama. É a experiência original e positiva que todos os tipos tentam recriar, mas que na verdade se torna um “falso eu” aprisionado.

O Um é, muitas vezes, um bom professor e reformador. Ele pode estimular os outros a trabalhar, amadurecer e crescer. Sua voz interior exigente e crítica torna difícil para ele conviver com a imperfeição, especialmente a sua própria. A “raiva” é o seu pecado de raiz, embora ele raramente a manifeste diretamente. É mais um ressentimento de baixo nível, porque o mundo não é do jeito que eles sabem que deveria ser! Eles reprimem sua raiva porque eles veem isso como algo imperfeito em si mesmos. Ao mesmo tempo, ela os energiza a trabalhar muito duro por seus ideais e princípios. O Um é movido em direção à justiça, à arrogância e ao perfeccionismo. Ele, infelizmente, acredita na meritocracia: você recebe o que merece e, por isso, é melhor você ser bom e trabalhar duro. Não há almoço grátis! É por isso que o conceito de graça é tão fundamentalmente importante para ele; Graça, por si só, quebra o modelo mental de meritocracia.

Para descobrir seu dom, que é uma alegre tranquilidade ou serenidade, o Um deve, primeiro, perceber que ele não são é tão bom. Ele pode ter que “pecar feio” para ver isso, ou pelo menos reconhecer que todas as coisas boas que já fez também envolveram o interesse próprio. Aí, ele pode experimentar a Graça imerecida, que finalmente lhe permite estar em paz e feliz, mesmo com a imperfeição.

Adaptado de “The Enneagram: A Christian Perspective”, págs. 49, 52-55, e de “The Enneagram: The Discerniment of Spirits” (DVD e CD)

Portal para o Silêncio: “ Eu quero ver tudo – meu pecado e meu dom”.

Outras matérias relacionadas bem como acesso à descrição dos outros Tipos:

Eneagrama: um panorama (1) segue

EnneaLumen segue

Qual o seu Tipo de Personalidade do Eneagrama segue 

Tipo um: a necessidade de ser perfeito segue 

Tipo dois: A necessidade de ser necessário  segue

Tipo Três: A necessidade do sucesso  segue

Tipo Quatro: A necessidade de ser especial  segue 

Tipo Cinco: A necessidade de compreender  segue 

Tipo Seis: A necessidade de segurança  segue 

Tipo Sete: A necessidade de evitar a dor  segue 

Tipo Oito: a necessidade de ser contra  segue 

Tipo Nove: a necessidade de evitar  segue 

 

Um comentário sobre “Eneagrama – Tipo um: a necessidade de ser perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s