Eneagrama – Tipo dois: A necessidade de ser necessário

Tipo dois: EneaSimbol1A necessidade de ser necessário 

por Richard Rohr

Os outros devem e vão me amar!” O Dois demanda amor, ao invés de descansar no amor que eles já são.

O Dois é a compulsão “óbvia” da tríade das emoções. Ele parece ser uma pessoa muito carinhosa. Quando crianças, ele sabia que era amado. Sua alma infantil é o Quatro especial e saudável. Quando ele não pode mais manter essa verdade, tornou-se necessitado do amor de outras pessoas para “reconvencer-se” da verdade que eles já conhecem profundamente. Exigem “Os outros devem e vão me amar!”, em vez de descansar no amor que eles já são.

O Dois precisa ser necessário. “Eu vou fazer você precisar de mim. Vou ganhar sua gratidão com um EneaSimbol2serviço amoroso de modo que você não possa viver sem mim”. Talvez a mensagem que tenha recebido quando criança seja ” Eu serei amado quando for gentil, empático, pronto para ser útil, e adiar as minhas próprias necessidades”. Mas, desta forma, a criança também se sentia poderosa, enquanto os adultos pareciam fracos e necessitados. Isso proporcionou um solo fértil para um tipo de falso orgulho que é o pecado raiz do Dois. Ele olha secretamente para aqueles que ele “serve”, e vê a si mesmo como maravilhoso, porque ele podem servir e amar tão bem. Este orgulho é muito sutil.

O Dois reprime a consciência de suas próprias necessidades e fingir que ele não tem qualquer necessidade. “Minha única necessidade é a de atender à sua necessidade”. Mas esteja certo que um dia ele finalmente percebe: “Ninguém está me retribuindo!” Então ele entra no jogo da culpa e pode se tornar absolutamente cruel. É quase o outro lado do que eles querem ser. Mas também pode ser o início de sua conversão ao que eles realmente são.

Se ele permite a Graça, o Tipo Dois pode chorar por dias na medida em que percebe auto interesse oculto – que todo o tempo dão a fim de receber algo de volta. Tal humilhação leva à sua virtude emergente, que é a humildade. É o que se vê no Papa Francisco.

O Dois maduro e saudável volta a ser a pessoa genuinamente amorosa e amada que um dia conheceu a si mesmo que era. Ele descobriu sua identidade como o Amor que já é e agora é capaz de amar a si mesmo e aos outros com o amor de Deus. Ele já não precisa ser continuamente reforçado pelo externo.

Adaptado de “The Enneagram: A Christian Perspective”, págs. 45, 63-65, 72, e de “The Enneagram: The Discerniment of Spirits” (DVD e CD)

Portal para o Silêncio: “ Eu quero ver tudo – meu pecado e meu dom”.

Outras matérias relacionadas bem como acesso à descrição dos outros Tipos:

Eneagrama: um panorama (1) segue

EnneaLumen segue

Qual o seu Tipo de Personalidade do Eneagrama segue 

Tipo um: a necessidade de ser perfeito segue 

Tipo dois: A necessidade de ser necessário  segue

Tipo Três: A necessidade do sucesso  segue

Tipo Quatro: A necessidade de ser especial  segue 

Tipo Cinco: A necessidade de compreender  segue 

Tipo Seis: A necessidade de segurança  segue 

Tipo Sete: A necessidade de evitar a dor  segue 

Tipo Oito: a necessidade de ser contra  segue 

Tipo Nove: a necessidade de evitar  segue 

 

Um comentário sobre “Eneagrama – Tipo dois: A necessidade de ser necessário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s